Espelhos da Alma 01

O caráter medido pelas opiniões.
Moro há 5 anos em um prédio de classe média. E por motivos de segurança pessoal e do meu acervo de colecionador, coloquei câmeras de segurança em diversos cômodos do apartamento, além de sensores de presença, aproximação e gazes (fumaça ou vapor).
E ficam 24 horas ligados, com sistema de no-brake com duração de até 24 horas sem energia.
Além disso ficam conectados ao meu celular e com a possibilidade de disparar SMS para autoridades e soar alarme de pânico.
dia 16 eu recebi um SMS das 2 câmeras da entrada que estava ocorrendo uma falta de energia! Como elas gravam até 6 horas graças as baterias internas, achei que logo voltariam para a internet pois se a falta de energia era na rua o prédio tem gerador, e se não, eu teria que conecta-las no sistema de alimentação do apartamento pois algo estava errado.
O que eu descobri: Que a corrente elétrica dos hall's sociais e de serviço do prédio de 25 andares eram alimentados pelo sistema elétrico do condomínio, que teria ocorrido uma sobrecarga e o disjuntor havia disparado e deveria ser religado.
Então fui almoçar e solicitei a religação do mesmo. Porém descobri que a energia deste locais é paga pelo condomínio. Ou seja, todos usam mas todos pagam.
Fui sugerir que se fizesse a ligação destes locais (hall de entrada social e serviço de cada andar ao respectivo circuito do proprietário) que é muito simples de ser feito, em cada andar, e para minha surpresa alguns moradores acharam um absurdo, uma despesa desnecessária.
Ora, eu que me preocupo em usar lâmpadas de LED de 3 watts, sensor de presença com no máximo 30 segundos de acionamento, tudo para gastar menos, vem outros que colocam lâmpadas dicroicas e luminárias de grande consumo e ontem ao ligarem um aparelho de alto consumo acabou por provocar o desligamento do disjuntor.
Se eu falar que a esperteza manda deixar como está e a honestidade que se dê crédito a cada um consumidor, vão dizer que eu sou mal educado e não tenho espirito de grupo.
Mas é minha opinião, quem usa, deve pagar, e quem se omite e quer rolar para o próximo no mínimo é petista e gosta de tirar proveito da situação.
Era isto por hoje. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × quatro =